Ir para conteúdo

Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
facebook

Nossa Cidade »
Principal   Nossa Cidade   História

 

          “Perto de Ibirá, pequena cidade da Araraquarense, no centro de uma grande bacia e ao lado da rodovia que conduz a Catanduva, emergem as águas das fontes hidromedicinais ali existentes. Outrora essa bacia fora ocupada por densa floresta de jabuticabeiras que substituiu a floresta primitiva. Durante muito tempo estas fontes permaneceram inteiramente desconhecidas dos próprios habitantes de Ibirá. Entrementes, em época remota, pouco acima das emergências, na cabeceira do Pouso Alegre,viveu uma tribo de índios, que provavelmente se estabelecera ali elevada pela abundancia de caças que eram atraídas por essas abundantes e enriquecidas águas.. No tempo da mata virgem era grande a afluência de toda a casta de animais silvestres que, no instinto próprio pela conservação da vida, procuravam certamente aquelas águas de preferência a outras para abeberarem, ou iam em busca do sal carbonatado que branquejava nas imediações das nascentes, como resíduo da evaporação dos filetes da água tão mineralizada, que afloravam por capilaridade, fenômeno este que se podia observar nas adjacências . . . “ (*) 
(*) Estraido de “Separata dos arquivos de Higiene e Saúde Pública, do Estado de São Paulo – ano XI – Junho de 1946, nº 28 – Pg. 303-9

          A ação curativa das águas da Estância Hidromineral de Ibirá, já era conhecida desde quando os índios habitavam a região em época remota. Sabedoria desenvolvida pela observação dos animais. 

          Quando os primeiros homens civilizados conheceram a fonte em seu nascedouro primitivo – contam (*)- “a água emergia tumultuosamente, pondo em continuo movimento a areia que se antepunha a saída, apresentando-se como um grande olho d’água de areia movediça, e encharcado, como se fosse um atoleiro, quando uma pessoa entrava no “poço”, afundava até certa altura; entreva outra e assim sucessivamente três, quatro, até oito ou mais individuais nele iam-se se acomodando perfeitamente, retornando depois da saída dos banhistas, à sua dimensão anterior. Era tal a pressão de baixo para cima, que, por mais que se quisesse afundar, ou melhor, atolar, não se conseguia submergir acima das axilias, e se o tentasse fazer, era repelido a tona”. 

        Posteriormente, os fazendeiros que por ali passavam conduzindo seus gados perceberam que, ao ingerir e se banharem com as águas das nascentes existentes, os animais se revigoravam e até se curavam de algumas doenças em seus cascos ou pele. 

        Foi então que as pessoas começaram a fazer o uso dessas águas minerais para o tratamento de dermatites tais como a erisipela e a psoríase. 
        À medida que se constatavam os resultados positivos, outras enfermidades eram testadas empiricamente e os relatos foram se acumulando ao longo do tempo.
        As qualidades das Águas de Ibirá foram sendo disseminadas e ao final de quase um século, consolidou-se um conjunto de conhecimentos que já pode ser constato e comprovado. 

 

 

« voltar

 

Logo Ibirá
Mapa Endereço: Praça José Bernardino Seixas, n° 01 - Centro
CEP: 15860-000 - Ibirá / São Paulo
Atendimento Horário de Funcionamento:
Segunda a sexta, das 08:00
às 11:00 e das 13:00 às 17:00 horas.

tempo
24/10/2017

IUV = 12.0
21°C MIN 32°C MAX
tempo
25/10/2017

IUV = 11.0
22°C MIN 35°C MAX
tempo
26/10/2017

IUV = 11.0
25°C MIN 36°C MAX
tempo
27/10/2017

IUV = 11.0
22°C MIN 36°C MAX
tempo
28/10/2017

IUV = 11.0
22°C MIN 28°C MAX
tempo
29/10/2017

IUV = 11.0
22°C MIN 30°C MAX
© Copyright Instar - 2006-2017. Todos os direitos reservados. Instar Internet

icone instar © Copyright Instar - 2006-2017. Todos os direitos reservados.